Anônimo

Vida de uma monja

Image-empty-state.png

1908

Referência completa

AQUY se começa a vida de hũa muy sancta monja. In: NUNES, José Joaquim. Textos antigos portugueses (IV). Vida de Tarsis – Vida de uma monja – Morte de S. Jeronimo, Revista Lusitana, vol. XI, n. 3-4, pp. 212-214, 1908. Lisboa: Imprensa Nacional, 1908.

O escrito intitulado Vida de uma monja é um texto hagiográfico que narra os motivos que levaram uma moça a se tornar uma monja de vida ilibada. Ao ser indagada sobre o que concedia forças aos seus atos piedosos a monja responde que após a morte dos pais viu a alma do pai – homem humilde e paciente – no paraíso em paz, mas sua mãe, que era extravagante e luxuriosa foi mandada ao inferno onde sofreu com castigos cruéis. Ao presenciar tais visões a moça optou por seguir o exemplo de seu pai exercitando qualidades parcimoniosas. A primeira edição dessa obra foi promovida em 1908 na seção Textos antigos portugueses da Revista Lusitana, em seu decimo primeiro volume.