Anônimo

Vida de Santa Pelagia

Image-empty-state.png

1908

Referência completa

AQUI se começa a vida de Sancta Pellagia. In: NUNES, José Joaquim. Textos antigos portugueses (III). Vida de Santa Pelagia, Revista Lusitana, vol. X, n. 3-4, pp. 179-190, 1907. Lisboa: Imprensa Nacional, 1908.

A Vida de Santa Pelagia é um texto hagiográfico que narra a mudança de vida de Pelágia, uma cortesã da cidade de Antioquia que após ouvir uma pregação de um bispo chamado Nono, decidiu renunciar a vida que levava, fazendo peregrinação rumo a Terra Santa onde viveu em penitencia trajando roupas de homem até sua morte. A primeira tradução do latim para o português se encontra em uma compilação de vidas de santos que ficou conhecida por Colecção Mystica de Fr. Hylario da Lourinhãa, Monge Cisterciense de Alcobaça, o qual transcreveo o seguinte no idioma Portuguez, um manuscrito do século XV. Sua primeira edição impressa é, possivelmente, a encontrada no Flos Santorum de 1513.